Multitarefa ganha destaque no mercado – O Estado de São Paulo

Multitarefa ganha destaque no mercado

Profissional com responsabilidade por várias áreas da empresa ganha visão ampla do negócio e acelera crescimento da carreira

“Segundo o fundador do grupo Empreenda Consultoria Empresarial, César Souza, ser multifuncional virou exigência do mercado. “Aquela carreira ascendente, degrau após degrau, dentro do mesmo ramo de atividade, está deixando de existir.”

César Souza, fundador do grupo Empreenda. Foto: Orlando Brito

Ele afirma que, agora, o profissional faz um ziguezague dentro da empresa. “Ele pode até voltar para a área original, mas voltará com visão muito mais ampla da companhia.”

O consultor diz que o mercado não quer mais pessoas que só saibam fazer uma coisa. “O expert é uma espécie em extinção. Cada vez mais o mercado valoriza pessoas que tenham passado por pelo menos três diferentes áreas de uma empresa.”

Ter esse tipo de vivência é ainda mais provável quando se trata de uma startup. “Entrei na Enviou em dezembro de 2015, logo que o negócio começou a operar. Tenho espaço para desenvolver meu perfil multitarefa. Faço de tudo um pouco: financeiro, marketing, comercial, supervisiono o trabalho das equipes etc”, diz o diretor comercial, Dyego Joia.

A startup é especializada na recuperação de carrinhos abandonados em e-commerce e na elaboração automatizada e inteligente de e-mail marketing.

Joia acha importante que todos da equipe tenham visão macro do negócio. Assim, mais pessoas podem identificar os gaps e ajudar a melhorar os processos e fazer a empresa decolar.

“Aqui, cada um tem a responsabilidade de cuidar de sua área específica, mas todos sabem pelo menos um pouco sobre as demais atividades e podem ajudar quando necessário.”

Souza acrescenta que está cada vez mais claro que o “já fiz a minha parte” está sendo superado, porque o profissional tem de fazer a sua parte como obrigação, mas tem de ter visão ampla para contribuir com o todo. “Visão, inteligência e experiência multifuncionais são cada vez mais pré-requisitos do mercado”, afirma o empresário.

Segundo ele, no passado a carreira era dimensionada com visão de 90 graus e agora tem de ser 360 graus. “A tecnologia e as redes sociais estão desamarrando as pessoas. Vivíamos dentro de uma camisa de força, dentro de uma visão de mundo da especialização, que durou toda a era industrial. Não é um modismo, é uma mudança de filosofia do modo de encarar a vida profissional, é um processo crescente e irreversível.”

O consultor afirma que além do profissional multitarefa, há também a multiprofissão. “É aquela pessoa que além de ser um executivo, também dá aula em faculdade, escreve livros, faza palestras e ainda investe em uma franquia como plano B.”

Ele diz que no passado, a pessoa que era expert seguia sua carreira mantendo a vida pessoal fora dessa trajetória. “Hoje, está tudo unificado. Cidadania passou a ser um pré-requisito importante e ter amigos faz parte do networking. Muitas vezes, a pessoa resolve questões de trabalho porque é voluntária em uma ONG e lá conhece alguém que pode ajudá-la a solucionar um pepino do trabalho”, exemplifica.

Leia matéria na íntegra no portal do Estadão: http://economia.estadao.com.br/blogs/radar-do-emprego/2017/07/09/multitarefa-ganha-destaque-no-mercado/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *