Como será o “day after”​?

Não adianta ficar refém do medo, optar pelo muro das lamentações ou procurar bodes expiatórios. Temos que entender com maior profundidade a realidade que nos envolve. É hora de nos mantermos bem informados, adotarmos uma série de precauções e continuarmos sonhando com o futuro do nosso país, das empresas, famílias e da nossa carreira.

Proponho que você reflita sobre pelo menos 3 ações, para virar o jogo a seu favor:

1) POSICIONE-SE: Não pense apenas no cargo que você exerce, mas nas soluções que você pode aportar: quais são seus diferenciais? Identifique as missões você pode desempenhar que ajudará sua empresa a superar desafios, pois cargos poderão ser extintos, mas soluções sempre serão bem-vindas. Sugiro sempre 3 vetores para gerar e capturar valor: contribuir com o aumento de Receitas da empresa (vendas, conquistas de clientes, recebíveis, nichos, imagem, etc); ajudar a reduzir despesas e custos; apoiar a mitigação de riscos. Você conhece algum acionista que não gostaria de, neste momento, contar com pessoas que ajudem a aumentar receitas, reduzir custos ou mitigar riscos?

2) MOBILIZE SUA EQUIPE: Inspire as pessoas que fazem parte da sua equipe, ofereça um significado para que todos atuem de forma mais propositiva e comprometa-os com os desafios da empresa. Valorize as pessoas multifuncionais, capazes de executar várias tarefas em vez de apenas ser um especialista que só sabe tocar um instrumento. Você é um expert ou um multifuncional? Os membros da sua equipe estão com “brilho no olho e faca nos dentes” ou estão com “olhar de paisagem”?

3) CUIDE-SE! Em momentos de crise, a AUTOLIDERANÇA ganha contornos fundamentais: coerência entre o que você diz e o que faz; integridade total; gestão adequada do tempo x prioridades; equilíbrio entre as diferentes dimensões da sua vida – saúde, família, amigos, cidadania e vida espiritual são importantes para que você possa “trabalhar melhor”, não apenas “trabalhar mais”.

O “remédio” que nos curará será amargo e cada um terá de tomar a sua dose. Então, seja você dono de uma empresa, executivo graduado, funcionário contratado ou trabalhe por “conta própria”, vale a pena focar naquilo que poderá definir seu grau sucesso ou fracasso neste novo ciclo pleno de desafios e incertezas.

É o momento de assumirmos as rédeas do nosso destino e seguirmos em frente com foco, determinação e perseverança. Capriche em 2020… e esteja preparado para desfrutar das oportunidades quando os novos ventos começarem a soprar. É uma questão de tempo!

 

* Consultor, palestrante e CEO do Grupo Empreenda, autor de “Você é o Líder da Sua Vida?” (Editora Sextante) e “Você é do Tamanho dos Seus Sonhos” (Editora Ediouro). Apontado pelo World Economic Forum como um dos “200 Global Leaders for Tomorrow”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *